" " "
"
Home / Atualidade / Babysitter doou parte do seu fígado para salvar a menina de quem toma conta
" "

Babysitter doou parte do seu fígado para salvar a menina de quem toma conta

Esta menina chamada Talia Rosko, de New Jersey, Estados Unidos, tinha apenas dois meses de idade quando foi diagnosticada com uma doença hepática rara, e terminal, no final de 2015. Os médicos disseram aos pais, George e Farra, que a menos que ela recebesse um transplante, Talia provavelmente não viveria após os dois anos de idade.

 

Sete meses depois, e no meio da sua luta desesperada para encontrar um doador, a família empregou uma estudante universitária local, Kiersten Miles, de 21 anos, como baby-sitter. Mal sabiam que ela seria a resposta que tanto procuravam.

Depois de apenas três semanas a cuidar dos três filhos de Roskos, Kiersten disse-lhes que queria perceber se era compatível com Talia. Os pais, surpreendidos, disseram: “Kiersten isto não é como doar sangue, isto é mais sério. Tens que conversar com os teus pais”.

Kiersten fez os testes, e era compatível.

A 11 de janeiro, depois de seis meses de testes e papelada, Kiersten foi levada para o Hospital da Universidade da Pensilvânia. A operação durou cerca de 14 horas e foi bem sucedida.

Antes da cirurgia, foi dito a Kiersten que ela não seria capaz de doar novamente, mesmo se um dia ela tivesse um filho na mesma situação e fosse compatível. Nem isso a impediu de doar parte do fígado a Talia.

Ainda existem boas pessoas no mundo!!

 

Deixa o teu comentário

O que tens a dizer?

Check Also

Gémeas que fizeram pacto para matar bebé à facada em preventiva

Ficaram em prisão preventiva as duas irmãs gémeas do Seixal, Inês e Rafaela Cupertino, acusadas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *