" " "
"
Home / Atualidade / Casal tinha 13 filhos presos na cave, alguns algemados à cama
" "

Casal tinha 13 filhos presos na cave, alguns algemados à cama

As autoridades californianas deram conta de uma operação policial que descobriu uma casa onde os pais mantinham os filhos – com idades entre os 2 e os 29 anos – presos à cama. 

Casal tinha 13 filhos presos na cave, alguns algemados à cama
 Foto: Credit Riverside County Sheriff’s Department

Tudo começou com uma chamada recebida pela polícia de uma rapariga de 17 anos. A jovem ligou às autoridades a informar que era prisioneira dos pais na sua casa e que tinha conseguido ligar depois de ter fugido da mesma. Quando a polícia se dirigiu ao domicílio, encontrou doze irmãos da rapariga, todos eles cativos e muitos algemados à cama e mal-nutridos.

 
A jovem tinha usado um telefone encontrado em casa para contactar a polícia, informou o xerife de Riberside Count. O departamento do condado explicou ainda que quando entrou na casa – com um cheiro nauseabundo – encontrou 12 irmãos com idades entre os dois e os 29 anos presos, mal-nutridos, no escuro e sem acesso adequado a água ou comida.

Quando entraram no local, as autoridades não perceberam de imediato que sete dos irmãos que estavam na casa eram adultos, devido ao estado avançado de má-nutrição que apresentavam. A jovem que terá ligado, apesar de 17 anos, aparentava ter apenas dez, disseram as autoridades.

Quando questionados, os pais não terão conseguido encontrar uma justificação para a situação. David Allen Turpin, 57 anos, e Louise Anna Turpin, 49, foram detidos sob a acusação de tortura e colocar em perigo a vida de crianças. O valor da fiança de cada um é de 9 milhões de dólares.

As autoridades deram água e comida aos filhos do casal e posteriormente estes foram levados para um hospital a fim de serem tratados. Turpin tinha autorização estatal para ter uma escola privada e, no ano lectivo corrente, havia seis alunos matriculados.

Segundo os vizinhos, os Turpin raramente saíam à rua e raramente se viam os irmãos em causa. “Eles tinham uma vida normal, com bons carros. Mas afinal era tudo uma fachada”, disse uma vizinha ao The New York Times.

Em 2011 o casal tinha declarado falência, devendo mais de 100.000 dólares ao fisco norte-americano.

Deixa o teu comentário

O que tens a dizer?

Check Also

Gémeas que fizeram pacto para matar bebé à facada em preventiva

Ficaram em prisão preventiva as duas irmãs gémeas do Seixal, Inês e Rafaela Cupertino, acusadas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *