" " "
"
Home / Animais / Jardim Zoológico sueco matou 9 leões bebés por falta de espaço
" "

Jardim Zoológico sueco matou 9 leões bebés por falta de espaço

O diretor do zoológico sueco de Boras, Bo Kjellson, admitiu que 9 filhotes de leões, saudáveis, foram abatidos neste recinto, devido a problemas de espaço, e depois de tentar mudá-los para outros jardins zoológicos, sem sucesso.

“É difícil de explicar, mas é verdade que não podemos manter certos animais no nosso zoológico”, disse Kjellson à rede de televisão sueca SVT.

Dos 13 leões bebés nascidos nesse parque desde 2012, que na época foram apresentados aos meios de comunicação com grande orgulho, e até mesmo receberam um nome, apenas faltam dois, lembra o jornal sueco ‘Aftonbladet’ na sua edição de domingo.

De acordo com Kjellson, a falta de espaço aumenta o potencial de agressão no grupo de leões, o que resulta na necessidade de sacrificá-los, apesar de serem espécimes jovens e saudáveis.

Embora sejam jovens, eles não podem ser considerados “bebés” em termos de comportamento, porque logo começam a desenvolver o caráter de “jovens adultos”, continua o diretor do zoológico, e que, por isso, é necessário “separá-los” do grupo .

A notícia desses sacrifícios causou alguma indignação nas redes sociais, onde é lembrado que casos semelhantes ocorreram no passado, tanto com leões quanto com outras espécies animais, quer por falta de espaço, ou por outros motivos.

Em 2014, houve uma onda de indignação quando uma girafa chamada “Marius” foi sacrificada e desmembrada num zoológico de Copenhaga, e os seus restos mostais foram servidos como alimento a um leão, diante dos olhares dos visitantes.

Deixa o teu comentário

O que tens a dizer?

Check Also

Roubaram os 9 filhotes e deixaram-na num abrigo. O reencontro foi emocionante

Uma cadela Pit Bull, chamada Noelle, foi levada para um abrigo no Canadá por alguém …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *