" " "
"
Home / Insolitos / Passageiro detido por estar com demasiada roupa vestida para evitar excesso de bagagem
" "

Passageiro detido por estar com demasiada roupa vestida para evitar excesso de bagagem

Um passageiro da British Airways, acabou por ser detido, quando tentava viajar da Islândia para a Inglaterra, e quis embarcar no avião enquanto usava uma “quantidade excessiva de roupa”.

Ryan Williams, que se identifica no Twitter como “Ryan Hawaii”, quis evitar a taxa de bagagem em excesso e, por isso, estava a usar, no momento do embarque, oito pares de calças e dez camisas.

O homem diz que lhe foi negado o cartão de embarque na British Airways para o seu voo, depois que ele ter vestido toda a roupa que não caberia na bagagem.

A companhia aérea disse que o homem agiu “de forma rude”, e que por isso o afastaram inicialmente. No entanto, ele recusou-se a sair da mesa de embarque, e foi chamada a segurança do aeroporto.

O homem publicou um vídeo no perfil do Twitter onde acusou a companhia aérea de “descriminação racial”.

A polícia foi chamada a interferir e, de acordo com o homem, foram violentos com ele, usando gás pimenta e segurando-o no chão.

Depois de ter sido interrogado pela polícia, foi enviado de volta ao aeroporto.

No dia seguinte, tinha um novo vôo reservado de volta para casa com a EasyJet. O check-in correu bem desta vez, mas quando chegou à porta de embarque, disseram-lhe que não tinha permissão para embarcar devido ao seu mau comportamento do dia anterior.

Ele estava, portanto, preso na Islândia, sem a sua bagagem, e sem dinheiro.

O homem entrou em contato com a British Airways e foi depois reembolsado. Ontem, finalmente, conseguiu voltar usando a companhia aérea norueguesa, mas a sua bagagem ainda está presa num aeroporto em Inglaterra.

O homem acredita que o tratamento que lhe foi dado, foi devido ao “preconceito racial, porque ele tinha rastas, usava roupas atraentes e esmaltes de unhas”.

Deixa o teu comentário

O que tens a dizer?

Check Also

Mãe obriga filhos a andar 7Km ao frio, depois de tratarem mal motorista de autocarro

Esta mãe obrigou os seus dois filhos a percorrerem mais de sete quilómetros a pé, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *